Como gastar menos euros em sua viagem pela Europa

Como gastar menos euros em sua viagem pela Europa

Se você pensa em viajar para destinos europeus, a primeira coisa a se aprender é como gastar menos euros em sua viagem.

Isso acontece por conta da alta do euro em relação ao real. Atualmente, o valor do euro ultrapassa os R$ 6,00 e, com acréscimo do imposto e outras taxas do câmbio, o valor é ainda maior.

Sendo assim, buscar alternativas e saber como diminuir gastos na Europa deve ser algo essencial em sua viagem para garantir que você conheça todos os destinos que tanto quer.

Pensando nisso, o valor do euro decidiu reunir dicas práticas de como gastar menos euros para que você consiga economizar e aproveitar seu passeio.

Como gastar menos euros em sua viagem pela Europa

Por que devo saber como gastar menos euros?

A redução de gastos está ligada diretamente a sua experiência no país que você planeja visitar e por isso é preciso levar vários fatores em consideração.

Primeiro, por mais que você leve uma quantia de dinheiro considerável, nada garante que imprevistos não vão acontecer e, em casos assim, a melhor medida se dá pela prevenção.

Por exemplo, imagine que você está próximo de ultrapassar seu orçamento e surge um evento que você quer muito ir. Uma vez que a sua administração tenha ficado comprometida, fica difícil conciliar novos roteiros com o seu orçamento.

A economia de dinheiro não tem nenhuma desvantagem. Pelo contrário, mais recursos durante a viagem garantem mais opções de lazer. Por outro lado, vale destacar também que gastar menos não significa precarizar a sua viagem.

Ou seja, em muitos casos, você vai apenas escolher uma opção extra que cumpre o mesmo objetivo e com um valor mais acessível.

Como gastar menos euros em sua viagem?

Você pode gastar menos euros em sua viagem a partir de algumas dicas simples. Contudo, vale destacar também a diferença entre necessidade e desejo.

A necessidade é algo indispensável para a saúde do seu corpo, como descansar e fazer uma refeição. Já o desejo pode ser adiado para um outro momento, como visitar determinada casa noturna ou fazer algum roteiro turístico não planejado inicialmente, como aquele passeio de barco de última hora.

Dito isso, entenda em detalhes cada uma das dicas que o valor do euro vai mostrar a seguir.

Use o transporte público

O transporte público de várias cidades europeias é considerado referência por conta da sua agilidade, eficiência e qualidade.

Cidades como Madri e Roma contam com passagens unitárias com valores abaixo de €2,00 para transporte entre os principais centros históricos e pontos turísticos.

Além disso, o trem conecta boa parte da Europa e o conforto e comodidade devem ser considerados, além do preço que também costuma ser bastante acessível.

Por exemplo, você pode sair de Lisboa, em Portugal, até Madri, na Espanha, por pouco mais de € 60,00.

Caso você use transporte por aplicativo ou alugue um carro, tenha certeza que o gasto será muito maior.

Economize na hospedagem

Outra dica de como gastar menos euros em sua viagem pela Europa é buscar hospedagens alternativas, como Airbnb, hotéis com desconto e até a casa de amigos ou familiares.

Apesar da plataforma não ser tão popular no Brasil quando comparada com o exterior, ela é muito utilizada para aluguel de casas ou apartamentos na Europa. Para isso, você pode acessar o site para verificar as opções na Europa e buscar o local ideal para sua estadia.

Outra maneira de economizar na hospedagem é buscar lugares com desconto em sites de agências de viagens, como Trivago, Booking, Tripadvisor etc.

Vale destacar que em baixa temporada, entre os meses de novembro e março, os hotéis costumam dar os melhores descontos e felizmente aqui no Brasil, esses meses são marcados por alguns feriados prolongados.

O que evitar na Europa?

Você também pode gastar menos euros se evitar consumos desnecessários.

Ao contrário do Brasil, a carga tributária europeia se divide bem em impostos diretos e indiretos. Por conta disso, alguns produtos podem ficar até 80% mais baratos no território europeu. Sendo assim, se manter dentro do orçamento chega a ser uma tarefa bem difícil.

Justamente por isso, é preciso bastante cuidado com os gastos em lojas e eletrônicos.

Gastos nos pontos turísticos e nas refeições também podem sair mais caros do que o esperado.

Desta maneira, o mais recomendado é criar roteiros com passeios em pontos turísticos com entradas acessíveis, como museus e galerias, e deixar as opções mais caras para os últimos dias de viagem.

Em relação às refeições, crie um teto de gasto e evite ultrapassá-lo. Além disso, comprar alimentos diretamente no mercado e deixar de sair toda noite para comer fora pode ser uma ótima opção para economizar.

Importância de saber como gastar menos euro

Não basta saber como gastar menos euros em sua viagem, você precisa ter em mente que essas técnicas estão voltadas para a sua administração financeira. Uma gestão eficiente acontece por conta do seu papel de tomar boas decisões.

No caso da sua viagem, a administração é a criação de roteiros turísticos e as suas escolhas feitas durante a viagem.

Quando você se prepara, consegue antecipar problemas e tem alternativas viáveis para reduzir os seus gastos, possivelmente melhorando toda sua experiência.

Além do mais, isso pode evitar que os gastos se tornem uma dívida que possa comprometer sua estabilidade financeira.

Por último, comece já seu planejamento e aproveite sua viagem!